terça-feira, 22 de setembro de 2015

Programa Yoga Força de Vontade: Semana 2



Programa Yoga Força de Vontade.
3 semanas para fortalecer e alongar o músculo da motivação!


A tua força de vontade é como um músculo, quanto mais treinares mais força terá. 
Pode ser preciso planeamento e esforço, mas em breve vais começar a sentir os benefícios psicológicos: mais foco e clareza, visão mais positiva e mais motivação para continuar.

Semana 1: Shaoca 
Semana 2 : Tapas
Semana 3 : Sukha

Na Semana 2 trabalhamos Tapas – Disciplina, resiliência, fogo transformador e Força interna. è um dos Niyamas (código de ética yogi).

O fogo que vem da prática regular de Yoga e a disciplina que nos traz liberdade. As aulas desta semana treinam o centro de força, com sequências de asana contínuas, fluidas e desafiantes. Testar e treinar a tua força de vontade para manter a tua prática, e vale mesmo a pena!
Vais sentir-te mais forte, transformado/a e com uma força interior poderosa e calma.
No final um relaxamento bem gostoso equilibra toda a prática.




Niyama Tapas


Yoga Sutras Patanjali  
“Tapas svadhyaya ishvara-pranidhana kriya-yoga”


Mantra: OM AGNAYE NAMAH  
"Invoco o fogo que me trasmuta/transforma. "


O propósito essencial de Tapas é purificar o corpo e mente e submetê-los ao controle da vontade. A presença da impureza (físicas ou mentais) e a falta de controle é que prejudicam a realização do teu potencial como perfeito instrumento da consciência universal.
Deriva da raiz “tap”, que significa “queimar”, “arder”, “brilhar”, “sofrer ou consumir pelo calor”. Nesse sentido de fogo alquímico da transformação, Tapas é “trabalho individual”.


O esforço que aplicamos sobre nós mesmos durante a prática de ásana e pránáyama, não quer dizer um esforço prejudicial, é um trabalho feito com consciência; mantemo-nos cientes das nossas limitações e aprendemos a diferença entre desafiar e forçar demasiado. O primeiro leva-nos à meta de yoga, mas o segundo pode conduzir à lesão. Mantendo uma prática regular, sentiremos a necessidade de continuar o esforço sobre nós mesmos para aprofundar mais o conhecimento acerca de nós próprios e também de todos os aspectos de yoga.


Envolve a purificação, amor por si e autodisciplina. Rever os teus hábitos e crenças objetivando se contribuem para uma melhor harmonia e respeito para com o teu corpo (físico, mental e energético) e depois colocar em prática ações alinhadas com o pretendido.

Esta purificação e disciplina não devem ser vistas como imposições ou limitações mas sim como desafios que te levem a te conheceres melhor e te impulsionem na direção da auto-realização. Tapas é o esforço consciente para se atingir a união (yoga) com o Divino em nós (realização do teu potencial/dharma).


Tapas é o amor próprio e auto-disciplina para queimar todos os desejos que estiverem no caminho desse objetivo (concreto e simples como ex. comer o suficiente e saudável porque eu mereço cuidar de mim, ou deixar de fumar, ser mais compassivo e generoso, sempre praticar Yoga). Um objetivo nobre ilumina a vida, torna-a pura e divina. 

É de extrema importância estarmos recetivos à mudança bem como à capacidade de mudarmos algo nas nossas vidas. 
Mudar padrões de comportamento, rotinas, é uma via que permite que a Vida se apresente de uma outra forma para connosco. 
Como poderemos estar à espera de algo ser diferente nas nossas vidas, quando fazemos a vida acontecer sempre a partir da mesma atitude? Se os resultados são sempre iguais e não estamos felizes com os mesmos, há que mudar a forma de os obter… de dentro para fora.

Pelo tapas, o yogi desenvolve a força do corpo, da mente e do caráter. Ganha força de vontade e sabedoria, integridade, rápido progresso e simplicidade.


Votos de uma semana feliz. 
Namasté,


  ❤  Márcia Rocha Swamini Mahadevi ❤ 
Bióloga, Master Yoga Integral
Yogaterapia, Meditação
Cristal Healing, Nutrição e Ayurveda



Sem comentários:

Publicar um comentário